secultfor

Parte da programação do 65º Salão de Abril, troche ação acontece nas mediações do 23º BC

pharmacy localizado na Secretaria de Cultura de Fortaleza, sildenafil antiga sede da Polícia Federal na época da Ditadura (Foto: Nely Rosa)” alt=”” src=”http://www.fortaleza.ce.gov.br/sites/default/files/styles/390×255/public/noticias/imagem-principal/nely_rosa_4_1.jpg?itok=Da9WBXQ6″ width=”390″ height=”255″ />

Memorial da Resistência, localizado na Secretaria de Cultura de Fortaleza, antiga sede da Polícia Federal na época da Ditadura (Foto: Nely Rosa)

Recentemente, houve um intenso debate na sociedade a respeito dos 50 anos do golpe militar de 1964. Torturadores se pronunciaram, órgãos de imprensa pediram perdão por ter apoiado golpe, as Forças Armadas prometeram abrir sindicâncias para apurar as violações passadas, movimentos fizeram protestos.

Aproveitando o calor do debate propiciado por essa data histórica, o Coletivo Aparecidos Políticos, grupo de jovens que há quatro anos realiza ações de arte e política na temática da ditadura militar realiza, dentro da programação do 65º Salão de Abril, performance que irá jogar cerca de 140 paraquedas de brinquedo coloridos contento as imagens dos rostos dos mortos e desaparecidos políticos da ditadura militar. A ação acontece nesta terça-feira (15/4), às 16h, nas mediações do 23º BC, localizado na Av. 13 de Maio, local onde funcionou um centro de detenção e tortura, do qual dezenas de presos políticos passaram durante o regime militar.

A ação performática é denominada “Operação Carcará”, em homenagem à Ação Libertadora Nacional (ALN) do Ceará. Para uma melhor visualização da ação, será possível se posicionar em frente ao IFCE da Av. 13 de Maio. Os paraquedas, que serão lançados de um monomotor, cairão de uma altura de cerca de 300 metros.

http://www.fortaleza.ce.gov.br/cultura/noticias/cultura/performance-lanca-de-aeronave-paraquedas-com-imagens-de-desaparecidos