_DSC4293

Print

 

Estaremos em Porto Alegre, no rx dia 10 de outubro, treat apresentando nossas intervenções junto ao Coletivo de Pesquisa “In(ter)venções Audiovisuais com Juventudes em Fortaleza e Porto Alegre”:

Segue a programação:

X Roda de Conversa MEMÓRIA E RESISTÊNCIA: INTERVENÇÕES URBANAS EM FORTALEZA E PORTO ALEGRE

O coletivo da pesquisa “In(ter)venções Audiovisuais com Juventudes em Fortaleza e Porto Alegre” propõem a continuidade do debate, iniciado em abril de 2013, agora, com a participação do Coletivo Aparecidos Políticos, em Porto Alegre. O encontro é organizado pelo CAMP, a Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Psicologia e o Grupo Educação e Micropolíticas Juvenis do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional – Instituto de Psicologia/UFRGS e conta com a participação do Levante Popular da Juventude, a ONG. Alice – Agência Livre para Informação Cidadania e Educação e os autores do livro Grito, Não Calo: Memória Visual da Ditadura Civil-Militar no RS.

A Pesquisa In(ter)venções é fruto de uma parceria entre o Grupo de Pesquisa da Relação Infância, Juventude e Mídia (Grim), do Programa de Pós-Graduação em Comunicação – Instituto de Cultura e Arte da UFC, em Fortaleza; o Grupo de Pesquisa Educação e Micropolíticas Juvenis, do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional da UFRGS, o Centro de Educação Popular – CAMP e o Fórum de Educação da Restinga e Extremo Sul – Feres, em Porto Alegre.

PROGRAMA – 10 de outubro

14:00: Abertura – Apresentação dos organizadores – Daniela Tolfo (CAMP), Samantha Torres (Comissão de Direitos Humanos do CRP/RS), Pablo Corazza (UFRGS)
14:30: Intervenções Urbanas e as Políticas de Resistência das Juventudes
Coletivo Aparecidos Políticos – Fortaleza
Alexandre Mourão

Levante Popular da Juventude – Porto Alegre
Ronaldo Schaeffer e Lúcio Centeno

16:00 – Debate com mediação de Daniela Tolfo (CAMP) e Samantha Torres (CRP)
INTERVALO – 17:00
17:30 – Memória e Imagens da Ditadura Civil-Militar
“Não calo, Grito” com Dante Guimaraens Guazzelli e Gabriel Dienstmann – CAMP (Centro de Assessoria Multiprofissional)
Espaços de Memória – ONG Alice – Agência Livre para Informação Cidadania e Educação – Cristina Pozzobon, Rosina Duarte e Tiago Bailem
Apresentação da Pesquisa “Psicólogos que vivenciaram a ditadura militar”: Samantha Torres – Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Psicologia do RS.
19:00 – Debate com mediação de Pablo Corazza (UFRGS )
Local: CAMP – Auditório – Praça Parobé, 130. 9º andar, Centro de Porto Alegre.

Convidados:
Alexandre Mourão – Artista e Ativista do Coletivo Aparecidos Políticos em Fortaleza. Graduado em Psicologia e Mestrado em Educação na Universidade Federal do Ceará – UFC.
Ronaldo Souza Schaeffer e Lúcio Centeno – militantes do Levante Popular da Juventude (Porto Alegre) – movimento que investe na organização de jovens, na perspectiva de um projeto popular de sociedade. Entre as atividades, tem realizado intervenções urbanas, criando “escrachos da ditadura”.
Rosina Duarte – Jornalista e Coordenadora da ONG ALICE – Agência Livre para Informação Cidadania e Educação – ONG que desenvolve projetos de comunicação voltados para área social.
Cristina Pozzobon – Artista, Jornalista e Colaboradora da ONG ALICE – Agência Livre para Informação Cidadania e Educação.
Tiago Bailem – Colaborador da ONG ALICE – Agência Livre para Informação Cidadania e Educação.
Dante Guimaraens Guazzelli e Gabriel Dienstmann – pesquisadores e historiadores, autores do livro “Não calo, Grito: Memória Visual da Ditadura Civil-Militar no Rio Grande do Sul”.
Samantha Torres – Estudante de Psicologia PUC/RS, estagiária na Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Psicologia/RS.

Organização
Daniela Tolfo – CAMP – Centro de Assessoria Multiprofissional
Samantha Torres – Comissão de Direitos Humanos – Conselho Regional de Psicologia – CRP/07
Grupo Educação e Micropolíticas Juvenis do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional – Instituto de Psicologia/UFRGS